julho 29, 2020

ARARIPINA: PIMENTEL DECRETA TOQUE DE RECOLHER E PROÍBE VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS

Após o aumento de casos da Covid-19 em Araripina nos últimos dias, o prefeito Raimundo Pimentel decretou toque de recolher e proibiu a venda de bebidas alcoólicas no município pelos próximos 15 dias. O anúncio foi feito no início da tarde desta quarta-feira (29), durante entrevista coletiva a imprensa na sala de vídeoconferência da Autarquia Educacional do Araripe (AEDA).

O gestor também anunciou uma fiscalização mais dura no comércio da cidade para permitir uma maior eficiência no combate a pandemia do novo coronavírus.

“Teremos uma fiscalização mais rigorosa que contará com uma equipe bastante ampla que vai garantir que realmente esses procedimentos sejam realizados. Além dessa fiscalização, nós também tomamos três medidas que consideramos de maior impacto: A primeira delas é com relação a feira do troca que acontece no Planalto. Essa feira vai estar suspensa pelas próximas duas semanas. Outra medida diz respeito ao toque de recolher que valerá a partir das 21 horas. A partir desse horário nenhum estabelecimento estará autorizado a funcionar, nem os essenciais, apenas as unidades de sáude. E a outra medida importante é a proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas. Tudo isso estará valendo a partir de meia noite de hoje e vai permanecer assim pelos próximos 15 dias, e se for preciso renovaremos a medida”, explicou.

Ainda de acordo com Raimundo Pimentel, quem descumprir o decreto municipal, terá o comércio multado e no caso de reincidência, o alvará de funcionamento será cassado.

Participaram da coletiva além do prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores de Araripina Evilásio Mateus, a secretária de Saúde do Município Roberta Falcão, a vice-diretora do Hospital e Maternidade Santa Maria Irmã Fátima, o coordenador do Comitê de Enfrentamente a Covid-19 Sinval Ferreira e o padre José Nilton da Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Blog do Roberto