abril 16, 2020

AUXÍLIO DE R$ 600 COMEÇA A SER PAGO AO BOLSA FAMÍLIA NESTA QUINTA


A primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 será paga nesta quinta-feira (16) para 3,6 milhões de pessoas. O valor será liberado para 2.282.321 inscritos no CadÚnico e mães chefes de família que fazem aniversário em maio, junho, jullho e agosto, além de 1.360.024 beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 1.
PUBLICIDADE
Os inscritos no CadÚnico e as mães vão receber por meio da poupança digital da Caixa. Na sexta-feira (17), será feito o pagamento para outras 1.958.268 pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro.
Para o Bolsa Família, o crédito do auxílio será no mesmo calendário do programa. Na sexta-feira, serão contemplados 1.359.786 beneficiários que tenham o último dígito do NIS igual a 2.
Aplicativo
O pagamento dos que se cadastraram pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br ficou para sexta-feira (17). O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse em coletiva nesta semana que foram cadastrados 16 milhões entre os dias 7 e 10 de abril. Mas 11 milhões devem começar a receber amanhã o pagamento. A Caixa ainda não confirmou este número. 
Poupança digital
A Caixa afirma que não é necessário corrida às agências ou casas lotéricas para ter acesso aos recursos do auxílio emergencial. O banco abrirá automaticamente a poupança digital para os brasileiros considerados aptos a receber o auxílio emergencial.

Os que receberem o crédito por meio dessa conta poderão, por exemplo, pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras. É possível também efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias.
Mas para fazer o saque, só a partir do dia 27 de abril a Caixa vai escalonar a retirada para evitar aglomeração. 
O pagamento será realizado em três parcelas de R$ 600 até 29 de maio. A medida é para garantir uma renda mínima aos brasileiros em situação mais vulnerável por causa do impacto econômico da pandemia do novo coronavírus.
Quem tem direito
O auxílio emergencial se destina a profissionais informais, MEI (microempreendedor individual), autônomos e desempregados que cumpram os seguintes pré-requisitos:
— Ser maior de idade;
— Não ser beneficiário previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
— Com renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total [de até três salários mínimos (R$ 3.135);
— Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.
Calendário de pagamentos
Quem é inscrito no CadÚnico:
Primeira parcela:
— A partir de 9 de abril para quem tem poupança na Caixa ou Banco do Brasil
— A partir de 14 de abril para quem não tem as contas acima e irá ter acesso ao benefício via poupança digital da Caixa
Segunda parcela:
— Nascidos em janeiro, fevereiro e março: recebem a partir de 27 de abril
— Nascidos em abril, maio e junho: recebem a partir de 28 de abril
— Nascidos em julho, agosto e setembro: recebem a partir de 29 de abril
— Nascidos em outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 30 de abril
Terceira parcela:
— Nascidos em janeiro, fevereiro e março: recebem a partir de 26 de maio
— Nascidos em abril, maio e junho: recebem a partir de 27 de maio
— Nascidos em julho, agosto e setembro: recebem a partir de 28 de maio
— Nascidos em outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 29 de maio
Quem se cadastrou pelo aplicativo ou site do auxílio emergencial
Primeira parcela:
— A partir de 17 de abril para quem tem conta em bancos (Caixa,  Banco do Brasil e outras instituições financeiras)
Segunda parcela:
— Nascidos em janeiro, fevereiro e março: recebem a partir de 27 de abril
— Nascidos em abril, maio e junho: recebem a partir de 28 de abril
— Nascidos em julho, agosto e setembro: recebem a partir de 29 de abril
— Nascidos em outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 30 de abril
Terceira parcela:
— Nascidos em janeiro, fevereiro e março: recebem a partir de 26 de maio
— Nascidos em abril, maio e junho: recebem a partir de 27 de maio
— Nascidos em julho, agosto e setembro: recebem a partir de 28 de maio
— Nascidos em outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 29 de maio
Beneficiário do Bolsa Família
Estas pessoas vão receber as parcelas do auxílio de acordo com o calendário de pagamentos do próprio Bolsa Família. Os pagamentos variam de acordo com o número final do benefício.

 Ana Vinhas, do R7