outubro 29, 2018

MILITANTES DO PT VANDALIZAM TEMPLO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM PERNAMBUCO


A associação promovida pela campanha de Fernando Haddad da imagem de Jair Bolsonaro com as igrejas evangélicas gerou um clima de “guerra religiosa” durante o segundo turno das eleições.
Na reta final da corrida presidencial, templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) foram vandalizados com mensagens políticas. Os militantes de esquerda “culpavam” a igreja pelo apoio dado pelo seu líder, Edir Macedo, ao candidato do PSL.